Segunda-Feira, dia 09 de Outubro de 2017
Director - Pe. F. Caetano Tomás
Links Eventos AFAUCSSR Assinar Edições
Como é a minha Terra

Junho de 2017

Como é a minha Terra

Utente de 44 anos residente na Ilha Terceira

1 – O que acha da sua terra?

Muito bonita. Gosto de viver cá. É tranquila, apesar de já existirem muitas alterações e mudanças nos nossos costumes e tradições. Já tem muita gente de fora.

2 - Sabemos que frequenta o Fórum Sócio Ocupacional da Casa de Saúde São Rafael. Desde quando?

Desde Setembro de 2016. Considero esta casa como uma segunda família.

3 - Pode partilhar connosco em que contexto foi feita esta inscrição?

Porque sofri de violência doméstica durante 22 anos. Entrei em depressão profunda, e chegou a um ponto que necessitava de auxílio, de um rumo novo.

4- Já conhecia a Casa de Saúde São Rafael antes de vir para o Centro de Promoção de Autonomia?

Já sim, desde pequena.

5 - E que ideia formava sobre esta Instituição?

Não fazia ideia do trabalho que se fazia aqui na Casa. Quando passava por aqui era a “Casa dos doidos”. Tinha ideia de que uma era uma Casa suja, e que os doentes estavam sempre fechados.

6 - Desde que frequenta este serviço, mudou a sua opinião sobre esta Casa? Que ideia forma agora sobre a mesma?

Sim, mudou completamente! Agora sei que é um Hospital muto bem organizado, muito limpo. Os Utentes têm a hipótese de melhorar a sua vida. Têm orientação dos técnicos, saem e fazem a sua vida dentro da sua normalidade.

7 - De que forma o programa, os técnicos e os seus colegas têm contribuído para a sua vida?

Têm contribuído muito. Têm melhorado a minha doença a nível comportamental e psicológico, e autocontrole. Até estou a tirar o 9º ano de escolaridade porque antes não conseguia, e era uma coisa que queria muito. Tenho incentivos e objetivos para o futuro.

8 - Considera ainda haver algum estigma no que respeita à Casa de Saúde e às ligações a esta? Alguma vez sentiu este estigma?

Sim ainda existe. Ainda sinto a nível familiar algum preconceito e exclusão pela sociedade no geral.

9 - Percebemos que tem sido muito útil para si a frequência deste Centro. Pode dar a conhecer à comunidade, aquilo que se faz na Casa de Saúde? Que trabalho aqui se desenvolve? De que forma?

Sim, é muito útil. Aqui nós fazemos terapia de grupo, relaxamento, arte terapia, acompanhamento social, passeios, educação física, e textos livres. Todo este trabalho ajudou-me a pensar de maneira diferente, mais positiva. Ajudou a encarar as situações de uma forma diferente.

10 – Quer deixar alguma mensagem aos nossos leitores?

Desde já quero aproveitar a oportunidade para agradecer a todas as pessoas que me ajudam, e à equipa técnica do Centro de Promoção de Autonomia Odete Correia.
E se alguém se encontrar na mesma realidade que a minha, recomendo que procure ajuda desta Casa, ou de outra semelhante. Porque a mudança é sempre para melhor!


Obrigada pela colaboração
O Irresponsável

Retroceder

1

Temas da última edição

O irresponsável

Redacção e Administração:
CASA DE SAÚDE S. RAFAEL
Caixa Postal: 9701-902 Angra do Heroísmo
Telefone: 295204330
Propriedade:
Província Portuguesa da Ordem Hospitaleira de S. João de Deus - Casa de Saúde S. Rafael
Contribuinte N.º: 500927731
N.º Registo do título: 100460
Director: F. Caetano Tomás
Redactores:
Ir. Henrique Diogo, Odete Correia, Sandra Neves e Adelino Manteigas
Tiragem Bimensal:
1000 exemplares Impresso na Tipografia Moderna - Jaime Cruz - Artes Gráficas, Lda. Angra do Heroísmo


Contador grátis Web Development - Via Oceânica 2009 - Todos os Direitos Reservados Email - cssr.angra@isjd.pt