Terça-Feira, dia 09 de Junho de 2020
Director - Pe. F. Caetano Tomás
Links Eventos AFAUCSSR Assinar Edições

Junho de 2020

Pandemia

E numa surdina estrondosa, vimos um novo “agente infiltrado” vindo de longe, forçar a sua entrada nas nossas vidas, e coloca-las completamente do avesso!
Espalhando-se de forma aparentemente fácil e sustentável entre nós, este responsável irresponsável, levou-nos de novo a 1918, quando uma longínqua gripe espanhola infetou cerca de um quarto da população mundial à época.
Foram na altura 3 ondas, tipo canhão da Nazaré, que mudaram o mundo de então.
Um mundo que nunca mais seria o mesmo, disseram muitos na altura!
Pois…passados 100 anos dessa altura, de facto o mundo não era o mesmo até nos depararmos com este “agente” de nome covid-19!
Açorianos que somos nesse mundo global que conhecíamos, habituados a invernos rigorosos e mares tempestuosos, vimos esta onda de leste, levar para longe a nossa liberdade, autonomia, livre circulação, garantias, direitos económicos, sociais, culturais, etc.
Com os barcos em cima do cais, conjugámos todos, de um dia para o outro, o verbo “amarrar”, e a sua derivação feminina “amarração”, no desejo de ficar tudo bem!
Palavras como “etiqueta”, “distanciamento”, “isolamento”, “quarentena”, “teletrabalho”, “máscara”, “desinfeção”, “caso suspeito ou positivo”, “contenção”, propagação”, “mitigação”, “contingência”, passaram a fazer parte do nosso vocabulário.
Numa Instituição com 181 utentes, e após ser acionado o “plano de contingência”, a realidade instalou-se. Constrangimentos e impedimentos às visitas das famílias, utentes sem autorização de saídas ao exterior, desfasamento de horários, isolamento por unidades, equipas em espelho, fechos de serviços, reforço de EPI`s, testes aos colaboradores, avaliação de risco, etc., tudo para minimizar os riscos de transmissão.
Valentes que fomos/somos todos!
Utentes e famílias compreensíveis, colaboradores mais do que disponíveis!
Fomos e somos uma família hospitaleira, que chamada a responder a uma pandemia que nos afetou a todos, num tempo tão desafiante, o fizemos ao melhor estilo de São João de Deus. Enquanto comunidade, que o sejamos também.
Que não se fale de doença mental só em tempo de pandemia é um dos nossos desejos!
O outro, é que se aprenda a lição!

Retroceder

1

Temas da última edição

O irresponsável

Redacção e Administração:
CASA DE SAÚDE S. RAFAEL
Caixa Postal: 9701-902 Angra do Heroísmo
Telefone: 295204330
Propriedade:
Província Portuguesa da Ordem Hospitaleira de S. João de Deus - Casa de Saúde S. Rafael
Contribuinte N.º: 500927731
N.º Registo do título: 100460
Director:
Redactores:
Marco Pavão, Mónica Morais e Leonor Brás
Tiragem Bimensal:
1000 exemplares Impresso na Tipografia Moderna - Jaime Cruz - Artes Gráficas, Lda. Angra do Heroísmo


Contador grátis Web Development - Via Oceânica 2009 - Todos os Direitos Reservados Email - cssr.angra@isjd.pt